terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Veja os destaques de hoje do programa Antena 102, jornalismo feito com responsabilidade na Rádio 102 FM, das 7h às 9h

Ola bom dia!

- Intervenção Federal: Com muita discussão, Câmara dos deputados aprova Decreto que instituiu a medida no Rio de Janeiro. 

- Passagem de ônibus: Justiça autoriza aumento na tarifa entre Macapá e Santana.

- Projeto Social: Bombeiro Cidadão abre 400 vagas para Macapá, Santana e Oiapoque. Inscrições vão até sexta feira. 

- Reunião Solene: Câmara de Vereadores entrega hoje, comendas alusivas ao aniversário de Macapá.

- Assalto: Dupla invade faculdade no centro de Macapá e leva dinheiro, jóias e celulares. 
- Mudança de plano: Governo Federal desiste de votar a reforma da Previdência e anuncia novas prioridades na pauta do Senado.
- Esclarecimento: Diante de ministro do STF, diretor geral da PF diz que foi mal interpretado.

- Remanescentes: Rede estadual de ensino diz que ainda possui 7 mil vagas na terceira fase de pré-matrículas.

Esporte:
- Santana e Ypiranga vencem na estréia da Chave “B” do Campeonato Sub-20.

- Santos do AP está na preparação final para o confronto de amanhã contra o Atlético Acreano.

Alunos de faculdade no centro de Macapá são surpreendidos com assalto à luz do dia.

Em plena luz do do dia, no centro da cidade, dois homens entraram 
em uma sala de aula de faculdade e levaram dinheiro, joias, celulares e outros pertences dos alunos. 
O fato ocorreu por volta das 17h desta segunda-feira (19), na Avenida Odilardo Silva. 
A dupla conseguiu fugir. 
Acredite se puder. Segundo relato de uma aluna do curso de pedagogia, os homens invadiram a sala em que ela estuda - um deles estava armado com revolver - anunciaram o assalto.


Câmara aprova intervenção do Rio de Janeiro

Em sessão que durou mais de sete horas, a Câmara dos deputados aprovou, já nesta madrugada, 20, 
o decreto que autoriza a intervenção na segurança pública do Rio de janeiro. O placar foi de 340 votos 
a favor contra 72 (além de uma abstenção) e agora segue para a análise do Senado. 
Segundo analistas o Senado deve analisar, votar e aprovar a medida ainda hoje. 
Sessão está prevista para começar 16 h.

Prorrogado para dia 28 o prazo para inscrições no Fies

Começaram, ontem, (19) as inscrições para FIES . Em 2018, o programa de crédito para o ensino superior em universidade particular teve mudanças.
VEJA COMO FICARAM AS MODALIDADES:.

A modalidade um é para estudantes em que a renda média da família, por pessoa, seja de até três salários mínimos. Neste caso, o contrato será com bancos públicos. O Fies não terá taxa de juros, só a correção monetária.

A modalidade dois é para estudantes em que a renda média da família, por pessoa, seja de até cinco salários mínimos. Neste caso, haverá taxa de juros. Os contratos serão geridos pelos bancos regionais do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Os empréstimos serão oferecidos só para os estudantes dessas três regiões.

A modalidade três também é para alunos com renda de até cinco salários mínimos por pessoa, só que os contratos serão geridos por bancos privados, que vão definir as taxas de juros, e os financiamentos poderão ser oferecidos para estudantes de todo o país.

Para quem já tem o Fies, não muda nada, as novas regras valem para os contratos firmados a partir de agora. As faculdades e universidades interessadas já se cadastraram. Em 2018, elas vão ter que se comprometer também com garantias para o pagamento da dívida de inadimplentes.
Até 2017, as instituições de ensino contribuíam ao fundo garantidor com uma taxa fixa de 6,25% do total financiado e o governo federal arcava com os custos de uma eventual inadimplência.
De acordo com o FNDE, Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, a partir de agora, governo e escolas vão dividir a responsabilidade pela inadimplência. As instituições de ensino vão contribuir com um valor fixo de 13% no primeiro ano e, a partir do segundo ano, será entre 10% e 25%.

Os valores mudam de acordo com o número de alunos, o valor da mensalidade e a inadimplência.
A Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) afirma que a maior preocupação é com o número de vagas ofertadas para o financiamento e que o novo Fies, principalmente na modalidade um, ainda tem alguns problemas como não financiar 100% da mensalidade, por exemplo e que o aluno só vai saber o percentual na hora da matrícula.

“No modelo um que é recurso do governo, o financiamento não trouxe grandes novidades, muito pelo contrário, ele permaneceu com alguns gargalos que já existiam no preenchimento e ocupação das vagas. E isso é preocupante no resultado final porque acaba sobrando bastante vagas no sistema. De um lado fica alguns alunos precisando do financiamento para ter acesso à educação superior, e do outro lado ficam sobrando vagas por conta da forma de acesso ou por conta das regras para que o aluno acesse ao programa de financiamento”, afirma Solon Caldas, presidente da ABMES.

O Fies cobre, no máximo, R$ 30 mil por semestre. Ou seja, a mensalidade cobrada pela faculdade deve ser de até R$ 5 mil. As inscrições para os interessados vão de 19 a 23 de fevereiro e só poderão ser feitas pela internet. O estudante precisa ter feito pelo menos uma das edições do Enem, a partir de 2010, ter média mínima de 450 pontos e não ter zerado a redação.
O Ministério da Educação afirmou que fez mudanças no Fies para tornar o programa sustentável do ponto de vista econômico e que vai oferecer em 2018 pelo menos 85 mil vagas a mais do que em 2017.
Ontem, 19, à noite, o Ministério da Educação anunciou que o fim do prazo para as incrições foi adiado para 28 de fevereiro.
Os interessados em se inscrever no Fies podem acessar a pagina:  http://fiesselecao.mec.gov.br

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Fiscais do IMAP e pesquisadora do IEPA são barrados pela Ferreira Gomes Energia

Sobre o acidente em Ferreira gomes consegui apurar o que segue: Ainda no domingo, depois de receber as denúncias da Associação dos Moradores Atingidos pela Barragem, o IMAP deslocou uma equipe de fiscais para verificar o tamanho do impacto causado, novamente, com a mortandade de peixes no rio Araguari. Junto com a equipe seguiu a doutora em ictiologia e pesquisadora do IEPA, Cecile Gama. A missão não pôde ser cumprida porque os técnicos foram impedidos de entrar na área da hidrelétrica.
Ao que se sabe, pelo termo de ajustamento firmado entre o Ministério Público, o IMAP e a Ferreira Gomes Energia, a empresa teria de comunicar, imediatamente, em caso de ocorrência como essa.
A Empresa não informou o ocorrido e ainda barrou os fiscais do IMAP. Resultado: a pesquisadora Cecile Gama não pode fazer o trabalho porque só conseguiu colher, do lado de fora, algumas amostras dos peixes mortos, mas já putrefatos o que impediu uma análise mais profunda das causas do acidente. Entretanto pelo histórico e pelas características a história se repete.
Essa já é a terceira vez, segundo os moradores, que peixes aparecem boiando, mortos nos arredores da barragem.
Pelo ocorrido, a Ferreira Gomes está passível de multas, sendo uma por não permitir os fiscais adentrarem para realizar o seu trabalho,  uma por não comunicar o fato ao órgão e uma terceira seria pelo impacto causado. Até ontem a Ferreira Gomes ainda não havia se manifestado sobre o episódio.

A cena se repete: Peixes aparecem mortos no rio Araguari, em Ferreira Gomes

Diversas espécies de peixes apareceram mortas em F. Gomes
Ferreira Gomes, a 137 quilômetros de Macapá, é novamente cenário bizarro. Uma leva de
peixes foi encontrada por moradores, na manhã do último sábado, 17, no rio Araguari, nas imediações da barragem da hidrelétrica Ferreira Gomes Energia. A Associação dos Atingidos
por Barragem
(Atimba), aponta a hidrelétrica da Ferreira Gomes Energia é a causadora
da situação. Ao menos em três situações já se registrou impactos provocados pela hidrelétrica, disseram os moradores.
Acionado pela Atimbna, o Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial
do Amapá (Imap) declarou em nota que vai enviar uma equipe ao local para fazer os
procedimentos.
Ocorre que o Imap tem uma equipe pequena e ainda está ocupada com as demandas
provocadas pelo risco de rompimento da barragem de Lourenço, em Calçoene.
Até o fechamento da matéria a Ferreira Gomes Energia não havia se pronunciado
sobre o fati.


DESTAQUES DESTA SEGUNDA FEIRA NO JORNALISMO 102

Programa Antena 102
- Mudança de rotina: Brasileiros começam a semana sem horário de verão e com Intervenção Federal. 

- Concorrência desleal: Empresários amapaenses denunciam comércio estrangeiro ilegal.

- Prazo final: Aposentados têm até o final deste mês para provar que estão vivos. 

- Início do ano letivo: Cerca de 70% das escolas estaduais retomam atividades daqui a pouco.

- Nova ferramenta: Gestores escolares iniciam o ano letivo com o Cartão Escola, destinado a manutenção e compra de merenda. 
- Vagas remanescentes: Quem não matriculou os filhos na escola terá mais uma chance a partir de hoje.
- Polícia: Carro de taxista desaparecido é encontrado queimado na Rodovia Norte Sul. Um corpo carbonizado ainda não foi identificado.

- Suspeita de crime ambiental: População de Ferreira Gomes faz nova denúncia de morte de peixes no Rio Araguari.

Esporte:
- 3º Rodada do Sub-20, prevista para hoje, sofre mudança de data.
- Flamengo vence o Boa Vista e conquista a Taça Guanabara 2018.
- E mais: As informações que vêm das ruas, com a maior equipe de repórteres do jornalismo amapaense.

- Já está no ar, o Antena 102 – A notícia que interessa.